Adversário: O Santos sem Robinho é melhor ou pior para o Bahia?


Com Robinho, o Santos levou mais gols do que marcou

Robinho re-estreou no Santos, em sua terceira passagem, na 14ª rodada, no clássico contra o Corinthians na Vila Belmiro. Atacante de seleção e referência para os novos jogadores do time santista. A função dele é bem parecida com a que desempenhou em 2010.

Antes de Robinho jogar o Santos tinha realizado 13 jogos no Brasileiro, com o seguinte desempenho:
 - 5 triunfos, 5 empates e 3 derrotas. Tinha marcado 15 gols e sofrido 7. Aproveitamento de 51,2%.

Após a estréia do atacante, o Santos também já realizou 13 jogos na competição:
- 6 triunfos, 1 empate e 6 derrotas. 17 gols marcados e 16 sofridos. Aproveitamento de 48,7%.

Como jogador de seleção desfalcou o Santos em algumas partidas. Das 13 após a sua chegada, não participou de 4:
- 2 triunfos e 2 derrotas. 7 gols marcados e 4 sofridos. Aproveitamento de 50%.

Nas 9 partidas que jogou, foram:
- 4 triunfos, 1 empates e 4 derrotas. 10 gols marcados e 12 sofridos. Aproveitamentos de 48,14%.

A principal diferença do Santos antes e pós Robinho é que o time praticamente não empata  seus jogos. Se por um lado aumentou o número de gols marcados em 13%, por outro o número de gols sofridos aumentou 118%. Com ele em campo, o time sofreu mais do que marcou gols.

Logo, o Bahia que mantenha o foco e não se esqueça que o Santos tem bons jogadores como Arouca, Gabriel, Geovânio e Leandro Damião.





Adversário: O Santos sem Robinho é melhor ou pior para o Bahia? Adversário: O Santos sem Robinho é melhor ou pior para o Bahia? Reviewed by Paulo Ricardo Santos on 12:33 Rating: 5

Nenhum comentário

Fala tricolor!