terça-feira, 10 de setembro de 2013

As primeiras palavras de Fernando Schmidt como presidente do Bahia

"A emoção toma conta do meu coração neste instante, mas confesso que o meu senso de responsabilidade fala também muito forte. A situação financeira do Bahia é crítica, as dificuldades são gigantescas, a crise é muito grave. O Bahia quase foi destruído pela usura e pela ganância. Está na hora de refunda-lo em bases democráticas, com competência, com transparência, com profissionalismo. Não haverá soluções mágicas nem sou o super-homem. Vamos ter que redobrar os nossos esforços para vencer todas as adversidades. Ditadura, meus caros amigos, não rima com competência, seriedade e transparência. E muito menos com profissionalismo. Ao lado de bravos companheiros nós enterramos a ditadura que existia no Esporte Clube Bahia, no dia 7 de setembro de 2013. A vocês, tricolores, rendo a minha homenagem. Peço uma dose extra de paciência e queremos pedir que sigam vigilantes para que, nunca mais, deixem esmagar as flores do nosso jardim."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fala tricolor!