Custo / desperdício: R$ 500 mil no banco por mês

O jornal Correio, repórter Miro Palma, trouxe na edição de hoje uma matéria que reflete a falta de capacidade da diretoria de futebol do Bahia. O famoso discurso de não vai contratar até que apareça uma oferta de mercado, com exceção de Souza que quando chegou veio na pré-temporada de 2011, Zé Roberto e Kleberson chegaram como uma oferta de mercado que não poderia perder... e jogam na média de 50% dos jogos do Bahia.

Se era uma oferta de mercado que o Tricolor não poderia perder, o desempenho em campo mostra que era (é) um dinheiro que não se poderia perder. Somado os salários dos três atletas, representam um custo de aproximadamente R$ 500 mil/mês. O pior é em 2013 estes devem figurar de maneira cativa o banco de reservas, quando não ficarem de fora do mesmo.

Será que é difícil encontrar 5 jogadores bons que tenham plenas condições de brigar pela titularidade que recebam R$ 100 mil/mês aproximadamente?

Dos três o pior desempenho é sem dúvida de Zé Roberto que não fez um gol sequer. E par um meia-atacante, pouco ajudou em campo quando jogou. Kleberson nunca consegue ter uma sequência de jogos e Souza precisa colocar a cabeça no lugar!



Custo / desperdício: R$ 500 mil no banco por mês Custo / desperdício: R$ 500 mil no banco por mês Reviewed by Paulo Ricardo Santos on 10:50 Rating: 5

Nenhum comentário

Fala tricolor!